A suspensão do Campeonato Gaúcho vem mostrando suas consequências. Amanhã, quinta-feira (26), acontece uma reunião para definir o futuro da competição e estabelecer possíveis estratégias para que os clubes do interior consigam arcar com seus compromissos financeiros. A tendência é de que o campeonato permaneça paralisado. E diversas equipes do interior estão dispensando atletas, muitas reformularão as equipes em uma eventual volta da competição no decorrer do ano.

O Novo Hamburgo liberou todos os atletas na última terça-feira (24) já o São Luiz dispensou sete jogadores. A prática passa a ser tendência entre os times. Como o caso do Juventude, que deu férias de 20 dias para o elenco, a partir do dia 1° de Abril. A equipe de Caxias está com os cofres zerados. Estas estão sendo as opções dos clubes para tentar manterem o equilíbrio financeiro.

Com o Pelotas não é diferente, o clube liberou alguns atletas que estavam com contrato perto do vencimento, caso do zagueiro Osvaldir, volante Vacaria e o meia Wallacer.

Osvaldir chegou a Boca do Lobo este ano e atuou em 4 oportunidades. O defensor que era muito criticado pela torcida acabou sendo afastado e recentemente teria voltado a atuar.

O meia Wallacer chegou no Pelotas em 2019, foi um dos destaques na Copa Seu Verardi, atuou em 22 jogos e marcou 4 gols, todos durante o torneio da FGF no ano passado. O atleta ainda não se pronunciou sobre sua saída.

O volante Vacaria também chegou no ano passado, foi titular em 13 jogos na Copa Seu Verardi e este ano não vinha sendo usado pelo técnicos Antônio Picolli e Luis Carlos Winck. O atleta comunicou sua saída nas redes sociais:

Obrigado aos meus companheiros, funcionários comissões técnicas e diretoria por esses 9 meses de trabalho, tivemos alegrias e momentos delicados, mas sempre com comprometimento e respeito ao clube e principalmente ao patrimônio do clube que é o torcedor! Até breve, obrigado!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)