A partir de fevereiro de 2020, a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) disponibilizará mais cinco opções de formação na modalidade Ensino a Distância (EAD). O curso de Comércio Exterior, com duração de dois anos, será um deles.  As diferenças dos países em relação a transporte, logística, tributação e comercialização serão tratadas no tecnólogo. Interessados na área já podem se inscrever gratuitamente por meio do site.

A proposta do curso é fornecer subsídios para que os acadêmicos possam empreender em projetos de diferentes países. Além de noções de gestão, ministradas durante o primeiro ano, a formação contará com aprofundamento cultural e político, visando à compreensão das particularidades de cada local. Questões relacionadas a normas de comercialização, comportamento de consumo e carga tributária farão parte das disciplinas específicas.

Conforme explica o coordenador do curso, professor Rafael Damé, a área de comércio exterior é abrangente e exige um conhecimento amplo, já que por causa do e-commerce não é possível precisar as dimensões de mercado. “Hoje é viável negociar com diferentes países e dominar as inúmeras diferenças existentes é imprescindível para quem vai trabalhar nessa área”, reafirma Rafael.

Pela abrangência de conteúdo, o professor destaca que o curso ainda pode ser um complemento para outra formação, na área de gestão ou administração, por exemplo. Isso porque aprofunda várias questões em apenas dois anos, tendo ainda uma flexibilidade de horário maior. “É um curso superior no formato tecnólogo, ou seja, com o mesmo tempo de uma especialização, a pessoa pode cursar outra graduação”, explica ele.

Mesmo sendo um curso na modalidade a distância, o tecnólogo em Comércio Exterior realizará encontros presenciais uma vez por mês. Dessa forma, o acadêmico terá a oportunidade de explorar a estrutura física da instituição, vivenciando a prática da profissão. Isso será possível por meio do Projeto Integrador, disciplina presencial oferecida em todos os módulos e que permite que o aluno pratique os ensinamentos vistos nas demais disciplinas ministradas no período.

Esse formato já é utilizado nos outros cursos EAD UCPel, sendo o principal diferencial em relação as demais instituições que oferecem esse formato de ensino. Segundo Damé, que também é coordenador das outras graduações na área de gestão, a participação dos alunos nos encontros presenciais demonstra a importância dessa oportunidade. “Já sabemos que nosso Projeto Integrador será case para outras instituições devido à diferença que faz na formação dos alunos”, complementa ele.

No quadro de professores, profissionais experientes e inseridos no mercado, como o diretor de Gestão, Administrativo e Financeiro da Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul, Cristiano Klinger. Além dele, que já atua nos outros cursos de gestão da UCPel, o curso receberá profissionais da área para ministrar as disciplinas específicas. “O porto de Rio Grande segue sendo um dos principais do país e os alunos terão a oportunidade de ver como de fato ele é administrado. Isso com certeza fará toda a diferença”, ressalta o coordenador.

O curso de Comércio Exterior terá duração de dois anos. O investimento mensal é de R$ 269. Portador de título, funcionário público federal, estadual ou municipal ou de empresas conveniadas possuem 10% de desconto nas mensalidades. Mais informações sobre valores e possibilidades de bolsas podem ser obtidas no site.

Redação: Manuelle Motta

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)