AO VIVO

volta às aulas, no sistema híbrido, nas escolas municipais, deverá ocorrer no início do segundo semestre deste ano. A retomada das atividades, inicialmente para os alunos do Ensino Infantil e para os 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, estava prevista para o dia 16 de deste mês, mas devido ao agravamento da pandemia e à ampliação das medidas restritivas das últimas semanas, a prefeita Paula Mascarenhas resolveu adiar o retorno. 

A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é que a imunização dos trabalhadores da Educação seja concluída até o fim desta semana. De acordo com a secretária de Educação e Desporto (Smed), Adriane Silveira, algumas escolas municipais estão em processo de adequação para atender aos planos de contingência de cada instituição de ensino pelo Centro de Operações de Emergências da Saúde para a Educação (COE-E) Municipal. A Smed já investiu mais de R$ 2 milhões entre serviços de manutenção, reformas e conservação das unidades; materiais de proteção e segurança, limpeza e higienização.

Ascom