AO VIVO

calendário de vacinação para os profissionais da educação terá ajustes. Além da sexta-feira (28), quando ocorrerá o drive-thru de vacinação, já divulgado no final desta semana, também foram organizados outros três dias de ações com a finalidade de evitar a formação de aglomerações e garantir mais conforto e a imunização ao maior número possível de professoresauxiliares de educação infantilmonitoresmerendeirasporteiroshigienizadores e equipes de apoio e setor administrativo, que atuam com a Educação Infantil1º e 2º anos do Ensino Fundamental, das redes municipalestadual e privada do município. Para isso, a vacinação desses grupos foi dividida da seguinte forma:

Drive-thru, das 9h às 17h

Centro de Eventos, com entrada pela avenida Pinheiro Machado

Sexta-feira (28/05) – aplicação da 1ª dose da vacina em professores, professores especializados, auxiliares de educação infantil e monitores.

Segunda-feira (31/05) – aplicação da 1ª dose da vacina em trabalhadores dos setores de apoio (merendeiras, higienizadores e porteiros) e administrativo.

Ação no IFSul, das 9h às 17h

Campus Pelotas, Praça Vinte de Setembro

Segunda-feira (31/05) – aplicação da 1ª dose da vacina em professores, professores especializados, auxiliares de educação infantil e monitores.

Terça-feira (01/05) – aplicação da 1ª dose da vacina em trabalhadores dos setores de apoio (merendeiras, higienizadores e porteiros) e administrativo.

SMS estima total de contemplados

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estima que 4.400 pessoas estejam aptas, neste grupo prioritário, para receber a vacina. O número de doses disponibilizadas em cada dia do processo de vacinação será divulgado em breve.

O Município reforça ainda que, neste primeiro momento, apenas os professores da Educação Infantil e 1º e 2º ano do Ensino Fundamental e os demais trabalhadores das escolas, que retornam ao ensino presencial, serão imunizados.  

Fique atento a documentação

Para receber a vacina, os profissionais da área da educação precisam apresentar, na hora da aplicação, uma declaração emitida pela escola onde trabalham, em papel timbrado, seguindo modelo padrão disponibilizado pela Prefeitura no hotsite do coronavírus.

Além da declaração, os contemplados com a vacina deverão portar:

– documento de identidade;

– comprovante de residência; e 

– CPF ou Cartão SUS.

Vacinado em outros grupos prioritários

Caso algum dos profissionais da educação tenha tomado a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 por pertencer também a outro grupo prioritário, deve aguardar para receber a 2ª dose junto com o mesmo grupo em que tomou a primeira parte da proteção.

Intervalo entre vacinas

A SMS alerta que é preciso aguardar um intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação da vacina contra a Covid-19 e qualquer outro imunizante, incluindo aquele que protege da gripe, para garantir a imunização correta.

Os professores também fazem parte do grupo prioritário para receber a vacina da Influenza, neste momento.

Fonte:Por Adriana Rabassa/ASCOM