AO VIVO

Na última quarta-feira (16), o bispo da Diocese de Rio Grande e diretor do Instituto de Formação Humanística da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Dom Ricardo Hoepers, recebeu a Medalha do Mérito Farroupilha. A maior honraria do parlamento gaúcho, concedida pelo deputado Fábio Branco. 

Para Hoepers, a condecoração é encarada com grande responsabilidade e compartilhada com toda a comunidade da Diocese. “Ao recebê-la, trarei comigo todos os colaboradores e todas as forças vivas que se dedicam de corpo e alma para o bem do próximo e com as quais eu compartilho a alegria de servir o povo de Deus”, diz.

De acordo com o deputado Fábio Branco, a entrega da medalha é uma forma de reconhecimento à atuação de Dom Ricardo. “Ele é uma figura carismática, abençoada e sempre  cheia de vigor para fazer o bem ao próximo. Por isso, convido a todos a prestigiar a homenagem”, escreveu em seu perfil nas redes sociais. 

Honraria


A Medalha do Mérito Farroupilha foi criada para homenagear cidadãos brasileiros ou estrangeiros que, por motivos relevantes, tenham se tornado merecedores do reconhecimento do parlamento gaúcho. Conforme o bispo, a honraria servirá ainda para reafirmar e renovar o seu compromisso em servir. 

Faço das palavras do papa Francisco as minhas: ninguém pode enfrentar a vida isoladamente, precisamos de uma comunidade que nos apoie, que nos auxilie e dentro da qual nos ajudemos mutuamente a olhar para a frente. Como é importante sonhar juntos, cada qual com a riqueza da sua fé ou das suas convicções, cada qual com a sua própria voz, mas todos irmãos”, diz, ao citar as palavras do papa Francisco na Encíclica Fratelli Tutti.     

Conheça Dom Ricardo Hoepers


Dom Ricardo Hoepers é natural da cidade de Curitiba, no Paraná. Foi ordenado sacerdote em 1999 pelo arcebispo Dom Pedro Fedalto e nomeado bispo da Diocese do Rio Grande pelo Papa Francisco em 2016. Desde 2017, é diretor do Instituto de Formação Humanística da Universidade Católica de Pelotas. 

Ainda no estado, tem atuação na Referencial da Promoção e Defesa da Vida, na Pastoral da Saúde, na Pastoral da AIDS e na Pastoral da Sobriedade no Regional Sul 3 da CNBB. É criador e coordenador do Observatório de Bioética do Regional Sul 3 da CNBB. Na Diocese de Rio Grande coordena o Projeto do Quinquênio, responsável pelo Jubilar da Diocese que será celebrado em 2021.    

Nacionalmente, Hoepers é referência na área de bioética.  Atualmente preside a Comissão Episcopal e Pastoral para a Vida e Família da CNBB, é membro do Conselho Permanente da CNBB e presidente da Comissão de Bioética da CNBB, cargos que ocupará até 2023. Quando representante da Santa Sé no 3º Encontro das Partes do Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança, recebeu a Medalha Cooperatores Veritatis do Papa Bento XVI. 

Academicamente, possui mestrado (com especialidade em Bioética) e doutorado em Teologia Moral pela Accademia Alfonsiana, Roma, Itália; mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná; especialização em Bioética pela Faculdade São Camilo, São Paulo; especialização em Linguagem e Catequese Especial, Instituto Monsenhor Raspanti, Argentina; e graduação em Teologia pelo Studium Theologicum e em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná.