AO VIVO

Por: Aline Klug

Em transmissão, ao vivo, feita na manhã desta quinta-feira (2), a Prefeita Paula Mascarenhas voltou a responder questões referentes ao futebol na cidade de Pelotas. Por aqui, os clubes ainda não receberam uma liberação para retomar às atividades presenciais e dependem apenas de uma sinalização das autoridades.

Questionada pelo repórter da Rádio Universidade, Marcelo Prestes, sobre a movimentação dos clubes quanto ao deslocamento dos jogadores e o início das testagens em atletas, comissão e funcionários de Brasil e Pelotas para a próxima semana, Paula afirma que uma reunião está marcada para amanhã, sexta-feira (3), às 14 horas e contará com a presença, novamente, de presidentes dos clubes e profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

O encontro tem em vista passar aos dirigentes um protocolo, elaborado por técnicos da SMS juntamente com infectologistas e epidemiologistas, para a liberação dos treinamentos.

“Eu pedi nesta semana para a Secretaria de Saúde se reunir, chamar infectologistas, epidemiologistas, enfim, profissionais da área, para que pudessem se debruçar sobre a questão futebol e traçar protocolos para que as coisas sejam feitas com a maior segurança possível” declarou a prefeita.

A dupla Bra-Pel já tem marada suas respectivas reapresentações para testagem, o elenco rubro-negro deve ser testado na segunda-feira e áureo-cerúleo na terça. Sobre treinamentos, a prefeita fala dá o aval a treinamentos individuais. “Hoje as academias podem ter treinos individuais então obviamente o futebol poderia nas mesmas condições ter treinos individuais com os atletas seguindo esses protocolos todos” afirma ela.

Mesmo que a liberação seja feita pelas autoridades municipais, a decisão ainda irá depender da nova atualização, feita todas as sextas-feiras, do Distanciamento Controlado, o que terá um impacto direto na decisão do executivo. Até esta quinta, Pelotas encontra-se em bandeira laranja, porém o crescente números de mortes e infectados na região pode gerar mudança.

Caso a volta não se concretize pela questão citada acima, a prefeita afirma que o protocolo seguirá valendo para quando as atividades puderem ser retomadas. “Seja na semana que vem ou não, em algum momento iremos retomar o futebol” finaliza.