Por: Aline Klug

O primeiro grupo de trabalhadores vindos do Piauí chegou a Pelotas no final da tarde desta sexta-feira (15), dividido em dois ônibus de turismo. As 47 pessoas, além dos dois motoristas, tiveram os sinais vitais avaliados por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), seguindo protocolo do Ministério da Saúde para controle da pandemia causada pelo coronavírus, além de cumprir determinação judicial expedida depois de uma ação da Prefeitura para tentar evitar a entrada de mão de obra de oriundo de outros Estados, como prevê o decreto municipal.

O grupo foi contratado pela empresa Cymi do Brasil para trabalhar em uma linha de transmissão entre Santa Vitória do Palmar e Guaíba. Eles permaneceriam em trânsito entre as cidades, locais de trabalho, e Pelotas.

Antes do desembarque, técnicos da empresa contratante desinfectaram os ônibus e as bagagens. No momento da saída do veículo, os homens, usando máscaras, tiveram a temperatura corporal aferida por funcionários da empresa e higienizaram as mãos. 

Logo em seguida, foram avaliados os sinais de vitais, como temperatura e saturação do oxigênio no sangue. Todo o procedimento foi acompanhado por técnicos da Vigilância da Saúde do Trabalhador, como forma de garantir o acolhimento e segurança dos trabalhadores.

O grupo, conforme determinou a decisão judicial, assinou um termo de compromisso de manter o isolamento pelos próximos 14 dias em um hotel da cidade.

Imagem: Michel Corvello

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)