Por: Aline Klug

Voltar ao seu país durante a pandemia causada pelo coronavírus tem sido uma missão mais difícil que marcar aquele atacante goleador. Na entrevista especial do Lance Rápido desta quinta-feira (14), conversamos com o atleta Diego Miranda, que atuou no Xavante em 2018 e hoje defende as cores do Al-Jabalain, da Arábia Saudita.

O atleta está no clube saudita desde o ano passado, onde chegou para disputar a temporada 2019/20. Por lá, a Segunda Liga Árabe, no qual o clube disputa, e os demais campeonatos paralizaram suas atividades quase um mês antes que o Brasil suspendesse o futebol. De acordo com Miranda, a federação apresenta uma perspectiva de retorno em julho ou agosto, mas nada ainda está definido e dependerá da pandemia.

Para sair do Oriente Médio e retornar ao Brasil, o meia precisou contar com a união de atletas brasileiros que também trabalham no país, caso de Alemão . Segundo o jogador , ele passou quase um mês tentando retornar ao Brasil porém a embaixada brasileira não fornecia respostas. Com isso, ele foi um dos atletas que precisou recorrer ao vôo fretado para chegar ao seu país.

O meia tem contrato com o Al-Jabalain até final do mês de maio, porém faltam 10 partidas para terminar a termporada. Segundo o atleta, ele deve retornar para completar os jogos. Quanto uma possível renovação nada foi esclarecido. Questionado sobre perspetiva para o futuro, Diego mostra desejo em permanecer na Arábia, por questões como boa adaptação e salarial.

Aqui em Pelotas, Diego Miranda teve uma rápida passagem pelo Bento Freitas, o atleta pertencia ao Caxias, e veio emprestado para refrçar o elenco de Gilmar Dal Pozzo em 2018 na Série B do Campeonato Brasileiro.

Sobre sua curta trajetória com as cores rubro-negra, ele define como “uma passagem inesquecível “. O meia chegou a equipe em um momento de guerra contra o rebaixamento, o time passou boa parte na zona da degola naquele ano, o que logo resultou na demissão do técnico. Com a chegada deRogério Zimmermann, o Brasil conseguiu “dar liga”, como comenta o jogador, e conquistou vitórias importantes em cima de equipes como Juventude, Ponte Preta e Goiás, com boas atuações do camisa 10 e conseguiu reverter a situação e assim evitando o rebaixamento.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)