Foto: João Antônio Ferreira

Por: Aline Klug

O Brasil entrou em campo na tarde deste domingo (15) em uma tarde um tanto atípica, portões fechados e sem torcedores no estádio por conta de restrição da FGF devido ao Coronavírus. Em campo o time xavante teve trabalho e acabou empatando com a equipe do Ypiranga pelo placar de 2×2.

Logo no início da primeira etapa o time visitante abriu o placar com Leílson, após jogada de Clayton, o jogador do canarinho recebeu a bola no meio da área e estufou a rede, não dando chances ao goleiro Rafael Martins. Alguns minutos depois o Brasil teve uma grande chance desperdiçada com Maicon Assis após jogada de Jarro, mas aos 15 minutos após nova grande jogada de Jarro, Ávila marou gol contra para o xavante.

No segundo tempo também nos primeiros minutos o árbitro assinalou pênalti para o Ypiranga, que marcou com Neto Pessoa, voltando a ficar na frente no marcador. Porém ao 43 minutos da etapa complementar, quase no apagar das luzes, novo pênalti, agora para o Brasil, que não desperdiçou e estufou a rede com Wesley Pacheco. Final de jogo 2×2.

O técnico Gustavo Papa não pode contar com Leandro Leite e Lázaro, suspensos e Gegê que deu entrada no Departamento Médico por conta de uma fratura no dedo do pé.

Com este resultado o Brasil ocupa a 6º colocação do grupo B e é o 8º colocado na classificação geral, com 8 pontos.

Brasil: Rafael Martins; Maicon Silva, Leandro Camilo, Heverton e Mateus Mendes; João Ananias, Wellington Simião e Maicon Assis; Poveda (Nathan), Jarro e Wesley. Técnico: Gustavo Papa.

Ypiranga: Carlão; Muriel, Saimon, Schwarzer e Ávila, Tárik, Clayton, Zotti (Pedrinho), Leilson e Jean Silva; Cristiano (Neto Pessoa). Técnico: Paulo Henrique Marques.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)