AO VIVO

Foram temporariamente fechados 42 leitos da ala São Lucas I, utilizados para atendimento via SUS.

A decisão foi por conta das dívidas acumuladas com fornecedores e médicos. Os pacientes foram transferidos para outras unidades do hospital. Segundo a administração, a Santa Casa acumula dívidas por causa de atrasos no repasse de recursos do governo estadual referentes a serviços prestados no fim do ano passado e início deste ano. A pendência chegaria a R$ 9 milhões de reais.

Em fevereiro, a instituição já havia cancelado os atendimentos ambulatoriais nas áreas de oncologia, traumatologia, neurologia e buco-maxilo-facial. Na terça-feira (10), o governo do Estado confirmou a transferência de R$ 145 milhões de reais aos hospitais filantrópicos referente aos atendimentos realizados em fevereiro.

Segundo o advogado do hospital Santa Casa, André Gandra, ainda não há valores disponíveis para a instituição. A assessoria da Secretaria Estadual da Saúde afirma que os repasses de verbas neste ano estão em dia, mas que não há prazo para a quitação do débito de 2014.