Prefeita oficializou colaboração entre o Município e a Associação Americana de Psicologia, nesta terça. Cidade é a primeira do mundo a instituir o ACT na rede municipal.
Pelotas é a primeira cidade do mundo a implantar o programa psicosocioeducativo ACT – Criando Crianças em Ambientes Seguros como política pública municipal. A prefeita Paula Mascarenhas oficializou a colaboração com a Associação Americana de Psicologia (AAP), nesta terça-feira (28), com a idealizadora da iniciativa – presente em 13 países, como Japão, Grécia e Croácia –, Júlia Maria da Silva.  A psicóloga participou do Bom Dia RU no Universidade Entrevista com  Daniel Kurz:

O ACT é uma das apostas do Pacto Pelotas pela Paz para reduzir os índices criminais investindo na prevenção da violência. Neste caso, o programa volta-se à capacitação de pais, mães e cuidadores a um ‘educar’ distante de qualquer violência, valorizando os bons exemplos e impactando no fortalecimento de vínculos familiares. Para Júlia, psicóloga paulista e membro da AAP há 21 anos, nos Estados Unidos, o Município é uma referência para o mundo.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)