A Associação Pelotense de Assistência e Cultura (APAC) e o Banrisul formalizaram nesta quinta-feira (03), no Palácio Piratini, operação de reestruturação de crédito entre o banco e a associação, mantenedora da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP) e da Rádio Universidade (RU). O contrato da operação, que será acompanhada pelo Banco Central para servir de modelo a outras instituições financeiras do país, foi assinado pelo governador José Ivo Sartori, pelo arcebispo metropolitano de Pelotas e chanceler da UCPel, Dom Jacinto Bergmann, pelo reitor José Carlos Bachettini Júnior, e pelo presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Mota.

Segundo o diretor-executivo da APAC, Alexandre da Cunha Voser, também preste no ato, a operação é resultado de um trabalho de quase dois anos de negociação e de estudos de viabilidade realizados por uma auditoria independente – contratada pelo banco – que referendou a reestruturação de crédito. “É uma operação nunca antes feita, sustentada tecnicamente, que viabiliza um crédito mais seguro e de menor risco”, explica o representante da APAC, ao reforçar que o caráter inédito da iniciativa precisou de aval do Banco Central, que agora acompanhará o andamento do trabalho para usá-lo como piloto em outras operações de crédito de instituições financeiras no Brasil. Ainda conforme Voser, também deu respaldo à operação a atual realidade contábil e de fluxo de caixa da APAC, cuja saúde financeira apresenta ganhos desde 2012 em razão de alinhamentos feitos no desenvolvimento do Planejamento Estratégico da associação e da UCPel.

O governador, José Ivo Sartori, ao reconhecer a importância da APAC e do trabalho realizado por suas mantidas na Zona Sul, destacou a importância da contrato. “É uma operação modelar, de atitude, coragem, entendimento de todos os envolvidos em torno da Universidade Católica e do hospital, cujo papel é fundamental para a comunidade. Afinal é um patrimônio social, uma grife cultural da comunidade pelotense e de toda região”, pontuou.

O arcebispo Dom Jacinto Bergmann agradeceu ao governo. “Finalmente conseguimos resolver uma situação que atinge toda uma comunidade”, disse. A posição do chanceler da UCPel foi reforçada pelo reitor José Carlos Bachettini Júnior. Para ele, o fato de a reestruturação ter sido aprovada pelo banco e pelo governador ratifica a importância da Católica e do HUSFP: “Hoje os candidatos a prefeito de Pelotas precisam sempre sentar conosco para saber se a Universidade continuará investindo em saúde, já que 60% dos atendimentos pelo SUS são nossos. Então, agradeço não apenas em nome da UCPel, mas também da comunidade, pois realmente somos uma Universidade a serviço da nossa região”.

O ato de assinatura foi acompanhado pelo secretário de Planejamento, Governança e Gestão do RS, Carlos Búrigo; pelo vice-prefeito de Pelotas, Idemar Barz; pelo deputado estadual Catarina Paladini; pelo presidente da Câmara de Vereadores de Pelotas, Luiz Henrique Viana; e por técnicos do Banrisul que se envolveram nas tratativas da operação. O diretor do Hospital Universitário São Francisco de Paula, Edevar Machado Júnior; o procurador jurídico da UCPel, Jairo Halpern; o capelão da UCPel, padre Matias Martinho Lenz; o vigário geral de Pelotas, Luiz Boari; e o consultor jurídico da APAC, Jorge Luiz Framil Fernandes, também compuseram a comitiva de Pelotas que acompanhou a assinatura do contrato.

Fonte: Assessoria Ucpel

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)